Valores Fundamentais

DECLARAÇÃO DE PROPÓSITO, CRENÇAS E VALORES FUNDAMENTAIS

DE JOVENS COM UMA MISSÃO

Este documento apresenta o objetivo, crenças básicas e valores fundamentais da JOCUM, que foram compilados em resposta às diretrizes específicas dadas por Deus desde o início da JOCUM em 1960. Elas foram registradas aqui para passarmos às próximas gerações aquilo que Deus tem enfatizado para nós. Este propósito compartilhado e nossas crenças e valores corporativos são os princípios norteadores para o crescimento passado e futuro da nossa Missão. Alguns são conhecidos por todos os cristãos; outros são específicos da Jovens Com Uma Missão. A combinação deste objetivo, crenças e valores compõe as características singulares da família JOCUM – nosso “DNA”. Elas são as diretrizes que guardamos com muito respeito, pois elas nos ajudam a determinar quem somos, como vivemos e como tomamos decisões. Por favor, copie e compartilhe este documento completo, como apresentado aqui.

 

DECLARAÇÃO DE PROPÓSITO DA JOCUM

Jovens Com Uma Missão (JOCUM) é um movimento internacional de cristãos de muitas denominações dedicado a:

1) apresentar Jesus pessoalmente a esta geração,

2) mobilizar o máximo de pessoas possível para ajudar com esta tarefa e

3) treinar e equipar cristãos para assumir sua parte no cumprimento da Grande Comissão.

Como cidadãos do reino de Deus, somos chamados a amar, adorar e obedecer ao Senhor Jesus Cristo, amando e servindo Seu corpo, a Igreja e apresentando todo o Evangelho a cada pessoa por todo o mundo.

Cremos que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o filho de Deus.

Cremos o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Cremos que o arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos sejam salvos e que venham a ter conhecimento da Verdade.

Cremos e que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15).

 

CRENÇAS E VALORES FUNDAMENTAIS DA JOCUM

Crenças Fundamentais da JOCUM

Jovens Com Uma Missão (JOCUM) reconhece a Bíblia como a palavra de Deus e, com a inspiração do Espírito Santo, como o ponto referencial e autoridade suprema para todos os aspectos de nossas vidas e ministérios. Baseado na palavra de Deus, quem Ele é e Sua iniciativa de salvação, as seguintes respostas da JOCUM são fortemente encorajadas:

  • Adoração: Somos chamados a louvar e adorar a Deus e a Ele somente (Êx 20:2-3; Dt 6:4-5; 2Rs 17:35-39; 1Cr 16:28-30; Ne 8:2-10; Mc 12:29-30; Rm 15:5-13; Jd 24-25; Ap 5:6-14; Ap 19:5-8).
  • Santidade: Somos chamados a viver vidas santas e justas, que exemplificam a natureza e o caráter de Deus (Lv 19:1-2; Sl 51:7-11; Jr 18:1-11; Ez 20:10-12; Zc 13:9; Lc 1:68-75; Ef 4:21-32; Tt 2:11-14; 1Pe 2:9,21-25; 1Jo 3:1-3).
  • Testemunho: Somos chamados a testemunhar sobre o Evangelho de Jesus Cristo àqueles que não O conhecem (Sl 78:1-7; Is 40:3-11; Mq 4:1-2; Hc 2:14; Lc 24:44-48; At 2:32-26; At 10:39-43; 1Co 9:19-23; 2Co 2:12-17; 1Pe 3:15-18).
  • Oração: Somos chamados a praticar a oração intercessória pelos povos e por aquilo que esteja no coração de Deus, incluindo nos posicionarmos contra o mal em todas as suas formas (Gn 18:20-33; Êx 32:1-16; Jz 3:9,15; 1Rs 8:22-61; Ez 22:30-31; Ez 33:1-11; Mt 6:5-15; Mt 9:36-38; Ef 3:14-21; 2Ts 3:1-5).
  • Comunhão: Somos chamados a nos comprometermos com a Igreja tanto em sua expressão de cuidado local como em sua expressão de multiplicação móvel (2Cr 29:20-30; Sl 22:25-28; Sl 122:1-4; Jl 2:15-17; Mt 18:19-20; At 2:44-47; At 4:32-35; 1Co 14:26-40; Ef 2:11-18; Hb 10:23-25).
  • Serviço: Somos chamados a contribuir com os propósitos do Reino de Deus em cada esfera da vida (Dt 15:7-11; Dt 24:17-22; Sl 112:4-9; Pv 11:10-11; Zc 7:8-10; Mt 5:14-16; 2Ts 3:13; Tt 3:4-8; Hb 13:15-16; Tg 2:14-26).

 

 Valores Fundamentais da JOCUM

  1. CONHECER A DEUS

A JOCUM é comprometida em conhecer a Deus, Sua natureza, Seu caráter e Seus caminhos como revelados na Bíblia, a Palavra inspirada de Deus. Nós buscamos refletir quem Ele é através e nossas vidas e nosso ministério, em todos os aspectos. O desejo de compartilhar dEle com outros flui automaticamente do fato de O conhecermos e nos alegrarmos nesta comunhão com Ele. (2Rs 19:19; Jó 42:5; Sl 46:10; Sl 103:7-13; Jr 9:23-24; Os 6:3; Jo 17:3; Ef 1:16-17; Fp 3:7-11; 1Jo 2:4-6).

  1. FAZER DEUS CONHECIDO

A JOCUM é chamada a fazer Deus conhecido por todo o mundo e em cada área da sociedade através de evangelismo, treinamento e ministérios de misericórdia. Cremos que a salvação de almas deve resultar em transformação de sociedades obedecendo, assim, o mandamento de Jesus de fazer discípulos de todas as nações. (1Cr 16:24-27; Sl 68:11; Sl 71:15-16; Sl 145:4-7; Mt 28:18-20; Mc 16:15; At 13:1-4a; Rm 10:8-15; Rm 15:18-21).

  1. OUVIR A VOZ DE DEUS

A JOCUM é comprometida em criar com Deus através do ouvir Sua voz, orando Suas orações e obedecendo Seus mandamentos tanto nas pequenas quanto nas grandes coisas. Nós colocamos nossa dependência no ouvir a Sua voz como indivíduos, juntos num contexto de equipe e em reuniões corporativas, como parte integral do nosso processo de tomada de decisão. (1Sm 3:7-10; 2Cr 15:2-4; Sl 25:14; Is 6:8; Am 3:7; Lc 9:35; Jo 10:1-5; Jo 16:13-15; Hb 3:7-8,15; Ap 2:7,11,17,27; 3:6,13,22).

  1. PRATICAR ADORAÇÃO E ORAÇÃO INTERCESSÓRIA

A JOCUM se dedica a adorar a Jesus e se engajar em oração intercessória como aspectos essenciais da vida diária. Nós também reconhecemos a intenção de Satanás de destruir o trabalho de Deus e invocamos o poder de Deus e o Espírito Santo para vencermos suas estratégias nas vidas dos indivíduos e nas questões de nações. (1Sm 7:5; 2Cr 7:4; Sl 84:1-8; Sl 95:6-7; Sl 100:1-5; Mc 11:24-25; At 1:14; Ef 6:13-20; 1Ts 5:16-19; 1Tm 2:1-4).

  1. SER VISIONÁRIA

A JOCUM é chamada a ser visionária, continuamente recebendo, nutrindo e liberando uma visão nova de Deus. Apoiamos o pioneirismo de novos ministérios e métodos, sempre abertos a sermos radicais para que sejamos relevantes para todas as gerações, povos e esferas da sociedade. Acreditamos que o chamado apostólico da JOCUM requer a integração de líderes espirituais veteranos, liberdade no Espírito e nos relacionamentos, centrados na Palavra de Deus. (Nm 12:6; 1Sm 12:16; Pv 29:18; Ez 1:1; Hc 2:2-3; Mc 1:35-39; Lc 9:1-6; At 16:9-10; At 26:19; 2Pe 3:9-13).

  1. DEFENDER OS JOVENS

A JOCUM é chamada a defender os jovens. Acreditamos que Deus deu dons e chamou pessoas jovens a iniciarem e encabeçarem visão e ministério. Nos comprometemos a valorizar, confiar, treinar, incentivar, dar espaço e liberar jovens. Eles não são apenas a Igreja do futuro; eles são a Igreja de hoje. Nos comprometemos a segui-los aonde eles nos guiarem, conforme a vontade de Deus. (1Sm 17:32-50; Ec 4:13-14; Ec 12:1-7; Jr 1:5-10; Dn 1:17-20; Jl 2:28; Jo 6:9; At 16:1-5; 1Tm 4:12-16; 1Jo 2:12-14).

  1. TER UMA ESTRUTURA AMPLA E DESCENTRALIZADA

A JOCUM tem uma estrutura ampla e diversificada sendo, ao mesmo tempo, integrada. Somos uma família global de ministérios unida por pactos fundacionais, propósito, visão, valores e relacionamentos comuns. Cremos que as estruturas devem servir ao povo e aos propósitos de Deus. Cada ministério, em todos os níveis, tem o privilégio e responsabilidade de prestar contas a um grupo de liderança formado por anciãos espirituais reconhecidos. (Êx 18:13-26; Nm 1:16-19; Nm 11:16-17,24-30; Dt 29:10-13; Js 23:1-24:28; At 14:23; At 15:1-31; 1Co 3:4-11; Tt 1:5-9; Hb 13:7,17).

  1. SER INTERNACIONAL E INTERDENOMINACIONAL

A JOCUM é internacional e interdenominacional tanto em termos globais como em suas bases locais. Cremos que a diversidade étnica, linguística e denominacional, juntamente com os aspectos culturais redimidos são fatores positivos que contribuem para a saúde e crescimento da Missão. (Gn 12:1-4; Gn 26:2-5; Sl 57:9-10; Jr 32:27; Dn 7:13-14; At 20:4; 1Co 12:12-31; Ef 4:1-16; Cl 3:11; Ap 7:9).

  1. TER UMA COSMOVISÃO BÍBLICA CRISTÃ

A JOCUM é chamada a ter uma cosmovisão Bíblica cristã. Cremos que a Bíblia – o livro-texto para todos os aspectos da vida – faz uma divisão clara entre o bem e o mal; o certo e o errado. As dimensões práticas da vida são tão espirituais quanto as expressões ministeriais. Tudo que é feito em obediência a Deus é espiritual. Buscamos honrar a Deus com tudo o que fazemos, equipando e mobilizando homens e mulheres de Deus para ocuparem posições de serviço e influência em todas as áreas da sociedade. (Dt 8:1-3; Dt 32:45-47; 2Rs 22:8; Sl 19:7-11; Lc 8:21; Jo 8:31-32; Fp 4:8-9; 2Tm 3:16-17; Hb 4:12-13; Tg 4:17).

  1. TRABALHAR EM EQUIPES

A JOCUM é chamada a trabalhar em equipes em todos os aspectos do ministério e liderança. Cremos que uma combinação de dons, chamados, perspectivas, ministérios e gerações que se complementam trabalhando juntos em unidade em todos os níveis de nossa Missão nos fornece sabedoria e segurança. Buscar a vontade de Deus e tomar decisões em um contexto de equipe permite um prestar de contas e contribui para um nível maior de relacionamento, motivação e responsabilidade, além de nos fazer sentir parte da visão. (Dt 32:30-31; 2Cr 17:7-9; Pv 15:22; Ec 4:9-12; Mc 6:7-13; Rm 12:3-10; 2Co 1:24; Ef 5:21; Fp 2:1-2; 1Pe 4:8).

  1. LÍDER SERVO

A JOCUM é chamada a ter a liderança serva como estilo de vida, ao invés de uma liderança hierárquica. Um líder servo é aquele que honra os dons e chamados de Deus na vida daqueles que estão debaixo de seu cuidado e protege seus direitos e privilégios deles. Assim como Jesus serviu aos Seus discípulos, enfatizamos a importância dos que têm responsabilidades de liderança de servirem seus liderados. (Dt 10:12-13; Sl 84:10; Is 42:1-4; Mq 6:8; Mc 10:42-45; Jo 13:3-17; Rm 16:1-2; Gl 5:13-14; Fp 2:3-11; 1Pe 4:10-11).

  1. PRIMEIRO FAZER, DEPOIS ENSINAR

A JOCUM é comprometida em fazer primeiro, para então ensinar. Cremos que a experiência pessoal em primeira mão dá autoridade às nossas palavras. Um caráter piedoso e um chamado de Deus são mais importantes que os dons, habilidades e perícia de um indivíduo. (Dt 4:5-8; Ed 7:10; Sl 51:12-13; Sl 119:17-18; Pv 1:1-4; Mt 7:28-29; At 1:1-2; Cl 3:12-17; 2Tm 4:1-5; 2Pe 1:5-10).

  1. SER ORIENTADA POR RELACIONAMENTOS

A JOCUM é dedicada em ser orientada por relacionamentos em nossa maneira de viver e trabalhar juntos. Desejamos estar unidos através de vidas de santidade, apoio mútuo, transparência, humildade e comunicação aberta, ao invés de uma dependência em estruturas e regras. (Lv 19:18; Sl 133:1-3; Pv 17:17; Pv 27:10, Jo 13:34-35; Jo 15:13-17; Jo 17:20-23; Rm 13:8-10; 1Jo 1:7; 1Jo 4:7-12).

  1. VALORIZAR O INDIVÍDUO

A JOCUM é chamada a valorizar cada indivíduo. Cremos em oportunidades iguais e justiça para todos. Cremos que, tendo sido criadas à imagem de Deus, pessoas de todas as nacionalidades, idades e funções têm contribuições e chamados distintos. Somos comprometidos em honrar o dom de liderança e ministério dado por Deus tanto a homens como a mulheres. (Gn 1:27; Lv 19:13-16; Dt 16:18-20; Sl 139:13-16; Mc 8:34-37; At 10:34-35; Gl 3:28; Ef 6:5-9; Hb 2:11-12; Tg 2:1-9).

  1. VALORIZAR FAMÍLIAS

A JOCUM afirma a importância de famílias servindo a Deus juntas em missões, não apenas o pai e/ou a mãe. Abraçamos a inclusão de famílias de pais/mães solteiros(as). Encorajamos o desenvolvimento de unidades familiares fortes e sadias, com cada membro compartilhando o chamado às missões e contribuindo com seus dons uma maneira singular e complementar. Nós defendemos e celebramos a visão Bíblica de que a intenção de Deus para o matrimônio sagrado é entre um homem e uma mulher. (Gn 2:21-24; Gn 18:17-19; Dt 6:6-7; Pv 5:15-23; Pv 31:10-31; Ml 2:14-16; Mt 19:3-9; 1Co 7:1-16; 1Tm 3:2-5; Hb 13:4).

  1. DEPENDER DE SUSTENTO BASEADO EM RELACIONAMENTOS

A JOCUM é chamada a praticar uma vida de dependência em Deus na provisão financeira. Tanto individualmente quanto para a JOCUM corporativamente, esta provisão vem principalmente através do povo de Deus. Assim como Ele tem sido generoso conosco, desejamos ser generosos. JOCUMeiros doam de si mesmos, do seu tempo e talentos a Deus por meio da Missão, sem expectativa de remuneração. (Gn 22:12-14; Êx 36:2-7; Nm 18:25-29; Ml 3:8-12; Mt 6:25-33; Lc 19:8-9; 2Co 8:1-9:15; Fp 4:10-20; Tt 3:14; 3Jo 5-8).

  1. PRATICAR HOSPITALIDADE

A JOCUM afirma o ministério da hospitalidade como uma expressão do caráter de Deus e do valor das pessoas. Cremos que é importante abrir nossos corações, casas, nossos campus e bases para servir e honrar uns aos outros, aos nossos convidados e ao pobre e necessitado, não como um ato de protocolo social, mas como uma expressão de generosidade. (Gn 18:1-8; 2Sm 9:1-11; Sl 68:5-6; Pv 22:9; Is 58:7; Mt 25:31-46; At 28:7-8; Rm 12:13; Hb 13:1-3; 1Pe 4:9).

  1. COMUNICAR COM INTEGRIDADE

A JOCUM afirma que tudo existe porque Deus se comunica. Portanto, a JOCUM é comprometida com uma comunicação verdadeira, precisa, oportuna e relevante. Acreditamos que uma boa comunicação é essencial para termos relacionamentos fortes, famílias e comunidades saudáveis e ministérios eficazes. (Gn 1:3-5; Nm 23:19; Pv 10:19; Pv 25:9-14; Zc 8:16-17; Mt 5:33-37; Lc 4:16-22; Jo 1:1-5; Cl 4:6; Tg 3:1-18).

______________

NOTA HISTÓRICA: Este documento inclui a Declaração de Propósito da JOCUM e as Crenças e Valores Fundamentais da Jovens Com Uma Missão.

A Declaração de Propósito da JOCUM foi escrita no início dos anos 60. Intencionalmente, nós nunca redigimos uma “Declaração de Fé” porque somos um “movimento internacional de cristãos de muitas denominações” e apenas queríamos esclarecer por que Deus chamou este movimento à existência.

As Crenças Básicas e Valores Fundamentais da JOCUM foram criados ao longo de várias décadas por um processo de ouvir a Deus e uns aos outros. O processo de identificação dos nossos valores foi iniciado por Darlene Cunningham em 1985 no 25º aniversário da JOCUM, para passá-los às gerações futuras. O documento foi então aprovado seis anos depois pelo Conselho Internacional em 1991.

Naquela época, o Conselho Internacional (International Council – IC) era a liderança anciã global reconhecida da missão. Desde então, o círculo de líderes anciãos global funcionou sob vários nomes diferentes. Primeiro, ele foi o Conselho Internacional (International Council – IC).

Depois, foi chamado de Equipe de Liderança Global (Global Leadership Team – GLT), e depois ficou conhecido como o Fórum Global de Liderança (Global Leadership Forum – GLF). Esta entidade foi dissolvida em Singapura em 2014 para estabelecer uma diretriz mais plana do movimento no nível trans-local, para substituir o que estava se tornando uma estrutura cada vez mais hierarquizada. Agora, há vários grupos de liderança de anciãos na missão – muitos deles conhecidos como as Equipes de Círculo (Area Circle Teams – ACTs). Um grupo de anciãos foi convocado por Loren e Darlene Cunningham e é conhecido como o Círculo dos Fundadores (Founders’ Circle – FC).

Ao longo dessas várias décadas, o papel principal da entidade de anciões espirituais globais (seja o IC, o GLT, o GLF ou o FC) tem sido o de confirmar, administrar e proteger os documentos fundamentais da missão. Embora o FC não esteja debaixo de uma supervisão governamental das diretrizes de liderança anteriores, eles possuem o papel de proteger e esclarecer nossos documentos fundamentais.

A história dos Valores da JOCUM, desde que Darlene os apresentou pela primeira vez em 1985 e que o IC os aprovou em 1991, inclui atualizações do GLT de 2003 e do GLF em 2011 e 2014. O FC confirmou uma atualização em 2017 durante a Oficina UofN em Costa Rica, relacionada à inclusão de “Serviço” como uma das nossas respostas às nossas Crenças Fundamentais; e uma atualização foi feita em 2018 durante o evento “YWAM Together (JOCUM Juntos)” na Tailândia, que esclarece o Valor 15. Na mesma ocasião, este novo formato foi adotado de forma que nosso Propósito, Crenças e Valores Fundamentais e as referências Bíblicas de apoio fossem todos apresentados como um único documento.

Este documento atualizado mais os seguintes seis documentos pactuais formam os documentos fundamentais da Jovens Com Uma Missão:

  • 1988: O Pacto de Manila (que inclui a Declaração de Propósito da JOCUM e a Carta Magna Cristã),
  • 1992: O Pacto do Mar Vermelho,
  • 2002: O Pacto de Nanning,
  • 2010: O Pacto do Jubileu,
  • 2014: O Pacto de Singapura e
  • 2014: O Pacto de Acabar com a Pobreza Bíblica.

A identidade e missão da JOCUM é esclarecida pelo que conhecemos como as “Quatro Palavras de Legado” fornecidas por Deus a Loren Cunningham ao longo dos anos. Estas são as quatro principais palavras do Senhor, que através da nossa história, nos guiaram e moldaram nossa herança como missão. Elas incluem

  1. A Visão Pactual das Ondas, que Loren recebeu em junho de 1956 nas Bahamas um pouco depois do seu 21º aniversário.
  2. O Chamado a Discipular Nações por meio das Sete Esferas da Sociedade,
  3. A Carta Magna Cristã e
  4. O Pacto de Acabar com a Pobreza Bíblica

Todas elas estão enraizadas nos primórdios da história da missão, e continuamos a crescer em nosso entendimento e aplicação destas Quatro Palavras de Legado.